Marketing

3 motivos pelos quais o Outbound está mais vivo do que nunca 

3 motivos pelos quais o Outbound está mais vivo do que nunca 

Muitas pessoas ainda se questionam: será que o outbound é uma técnica do passado? Será que ele ainda funciona? Bem, se você também tem essas dúvidas, pode ficar tranquilo.

Sim, o outbound está mais vivo do que nunca! Melhor ainda se a sua empresa souber utilizar o inbound e o outbound juntos, com o funil em Y. Assim, os resultados serão conquistados com mais eficiência e facilidade.

Porém, hoje vamos falar sobre o outbound. Vem com a gente e saiba mais sobre essa técnica. Boa leitura!

O que é outbound marketing?

O outbound marketing, também conhecido como marketing tradicional ou de interrupção, é aquele em que a empresa precisa ir até o cliente. Ou seja, ele interrompe o que a pessoa está fazendo para apresentar a sua oferta. 

3 motivos pelos quais o outbound está MUITO vivo

O outbound marketing apresenta uma série de benefícios para as empresas. Para isso, basta saber utilizá-lo de forma complementar ao inbound marketing. 

Conheça, a seguir, 3 motivos que comprovam que o outbound está muito vivo. Vamos lá?

1. Garante mais velocidade para atingir os objetivos

Enquanto uma estratégia isolada do inbound marketing demora, pelo menos, 6 meses para atingir os resultados, as técnicas do outbound, se bem aplicadas, já garantem as vendas no primeiro mês.

Assim, você conquista mais velocidade para atingir os objetivos do seu negócio. E sabemos que as empresas não têm tempo a perder, certo?

A prospecção ativa é um ótimo exemplo de técnica a ser utilizada. 

Afinal, ela permite coletar leads qualificados para que a sua empresa possa fechar mais contratos e conduzir o cliente pela jornada de compra.

Além disso, a prospecção ativa permite utilizar técnicas do inbound e outbound de forma simultânea.

2. Promove mais possibilidades de canais para explorar

Com o inbound, a empresa se limita a utilizar somente o e-mail, redes sociais, site, blog, landing pages (dentre outros). 

No entanto, quando você passa a utilizar o outbound, há uma boa diversidade de canais e mídias para explorar.

Por exemplo: 

  • televisão;
  • rádio;
  • revistas;
  • outdoors;
  • telemarketing;
  • panfletos;
  • cold calls;
  • anúncios no Google e redes sociais;
  • dentre outros.

Viu? Você pode explorar uma série de canais e mensurar os resultados, conferindo quais foram os mais assertivos para as suas campanhas.

Ah! Além disso, precisamos citar que, ao explorar diversos canais, você conquista mais dados. 

E você já sabe que quanto mais dados, mais eficiência, pois eles são ótimas oportunidades de negócio, certo?

3. Garante mais inteligência comercial com as listas de smart leads

Normalmente, o time de outbound e inteligência comercial de uma empresa é responsável pela geração de smart leads (leads pré-qualificados) no momento da prospecção.

Isso acontece porque eles validam o perfil ideal do cliente, alinhando se as personas do negócio e o público estão corretos. Afinal, não adianta perder tempo com prospects que não fazem sentido para o seu negócio, certo?

Então, o time de outbound pode gerar essas listas qualificadas para atingir os potenciais clientes com mais facilidade. Assim, as taxas de conversão se tornam muito mais eficientes.

O outbound está mais vivo do que nunca. Por isso, utilizá-lo junto às suas estratégias de inbound pode trazer uma série de resultados positivos para a sua empresa.

Gostou de aprender mais sobre o outbound? Se sim, leia também: O que esperar do uso de dados para vendas em 2022?

Willian Pinheiro

Willian Pinheiro

Compartilhar

Seu resultado
muito além do lead

Impulsione seu negócio aumentando a produtividade do seu time de vendas

Solicitar demonstração

Inscreva-se na
nossa newsletter

Receba atualizações das melhores
estratégias do mercado B2B com a Intexfy

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Ao continuar navegando, você concorda com as condições previstas na nossa Política de Privacidade.